Kanye West pode ser investigado por fraude eleitoral

Os planos de Kanye West de participar da campanha presidencial dos EUA neste ano sofreram outro revés ele pode ser investigado por fraude eleitoral.

Nos estados de Illinois e Nova Jersey, os eleitores não poderão votar em Kanye.

Um grande número das assinaturas exigidas apresentadas pela equipe eleitoral de Yeezy lá eram consideradas inválidas. Não se pode descartar a abertura de uma investigação contra Kanye por fraude eleitoral,entenda o motivo.

Kanye West pode ser investigado

Assinaturas questionáveis ​​e inválidas

Em Illinois, mais da metade das 3.128 assinaturas enviadas não resistiram ao escrutínio. Kanye precisaria de 2.500 para se candidatar. O New York Post afirma que não há motivos para essa retirada por enquanto.

É possível que nomes ou endereços errados tenham influenciado. A ilegibilidade ou o aparecimento de eleitores que não são elegíveis para votar em Illinois também pode ter levado à invalidação.

Em Nova Jersey agora é semelhante. Um advogado classificou várias centenas de assinaturas como questionáveis. O lado de Kanye aparentemente não quer se defender dessa acusação. Em um e-mail da equipe eleitoral de Yeezy dizia:

“Por enquanto, Kanye não tem escolha a não ser se retirar lamentavelmente de Nova Jersey em 2020 e interromper os esforços para colocar o nome do Sr. West na votação de Nova Jersey.”

O que estão dizendo por ai é que kanye está concorrendo apenas para ajudar seu amigo Donald Trump a vencer novamente dessa vez contra o ex vice-presidente Joe Biden.

A alegação é que o Rapper “roubaria” os votos da comunidade negra que iriam para Biden e assim iria fortalecer Trump que está muito fraco em credibilidade com os negros americanos.

Será aberta uma investigação de fraude eleitoral?

Um correspondente da Casa Branca percebeu as inconsistências na campanha de Kanye e se conectou ao Twitter. Ele aparentemente suspeita da intenção por trás do acúmulo de assinaturas inválidas.

Na sua opinião, é possível que isso conduza a uma investigação sobre fraude eleitoral. Outro prognóstico do jornalista: as autoridades de outros estados agora examinarão mais de perto os documentos da equipe eleitoral de Kanye.

A lista de estados em que o astro dos EUA já não conseguiu entrar nas urnas é relativamente longa. Como afirma a revista Forbes , Kanye West havia perdido vários prazos antes dos eventos atuais.

Em Kansas, Maryland, Carolina do Norte, Nova York, Flórida, Michigan, Texas, Novo México, West Virginia, Vermont, Pensilvânia, Indiana, Nebraska, Maine e Nevada, é improvável que Ye seja uma opção.

Pelo menos no Twitter, Kanye ainda não se intimidou e ontem demonstrou mais uma vez que sua visão presidencial continua girando em torno do ano 2020.

Deixe uma resposta